Ferramentas Pessoais
Seções

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação





Página Inicial escritorios_regionais Escritórios Regionais

Escritórios Regionais

Escritório Regional de Rio de Janeiro



Os primeiros indícios de funcionamento do DIEESE no Rio de Janeiro datam de 1963, quando teria funcionado um pequeno escritório, fechado pelo golpe militar de 1964. Estariam à frente desta iniciativa contadores do Banco do Brasil, ligados ao Partido Comunista Brasileiro - PCB.

Posteriormente, em 1978, um grupo de dirigentes sindicais dos Eletricitários, Metalúrgicos, Fetag (Federação dos Trabalhadores na Agricultura) e Petroquímicos de Duque de Caxias, aliados a um grupo de economistas do IERJ (Instituto dos Economistas do Rio de Janeiro), entraram em contato com o DIEESE de São Paulo com vistas à criação de um escritório local. A iniciativa foi bem-sucedida e já no início de 1979 foi tomada a decisão de se promover a abertura do Escritório Regional, formalizada em 30 de novembro de 1979, durante Assembléia Geral Nacional dos Sócios do DIEESE.

O Escritório funcionou nas dependências do Sindicato dos Bancários até 1984, quando mudou-se para a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU). Em 1988, instalou-se numa sede localizada no centro da cidade, onde ficou por 14 anos. Atualmente funciona novamente no Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro.

No início dos anos 80, foram instaladas as primeiras subseções, nos sindicatos dos Bancários e no dos Aeronautas. Além destas, até a primeira metade dos anos 90, havia subseções nos Metalúrgicos do Rio, Metalúrgicos de Volta Redonda, Engenheiros do Rio, Federação Nacional dos Estivadores, Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aéreos, Federação Nacional dos Urbanitários, Federação Única dos Petroleiros e Trabalhadores em Processamento de Dados e Telefônicos.

Na segunda metade da década de 90 e início dos anos 2000, a grave crise que atingiu o mercado de trabalho e o movimento sindical afetou também o número de entidades filiadas ao DIEESE. Várias subseções foram fechadas e a equipe do Escritório, reduzida.

Recentemente, houve melhora no cenário econômico e o número de entidades filiadas ao DIEESE voltou a crescer no âmbito nacional e local, com novas filiações, o retorno de antigos sócios e a reabertura de algumas subseções.

O Escritório Regional do RJ teve até hoje cinco supervisores técnicos: Silvio Renam, Paulo Cezar Moutinho, Sônia Gonzaga, Ademir Figueiredo e o atual, Paulo Jager.

http://www.dieese.org.br/ers.xml

Ações do documento